Dólar
Euro
Dólar
Euro
Dólar
Euro

covid-19

Covid-19: mais de 518,5 milhões de doses da vacina monovalente foram aplicadas no Brasil

Esse panorama √© registrado ao passo em que o pa√≠s conta com mais de 38,7 milhões de casos confirmados da doença ÔŅĹ- e cerca de 711 mil mortes

Brasil já aplicou mais de 518 milhões de doses da vacina monovalente contra Covid-19 Foto: Governo do Estado de São Paulo
Brasil j√° aplicou mais de 518 milhões de doses da vacina monovalente contra Covid-19 Foto: Governo do Estado de São Paulo

Até o momento, no Brasil, foram aplicadas 518.518.208 doses da vacina monovalente contra a Covid-19. Em relação à bivalente, o total é de 35.044.754. De acordo com o Ministério da Saúde, o país registrou 38.729.836 casos confirmados da doença e 711.249 mortes.

Henrique Lacerda, infectologista, destaca a importância de seguir o cronograma de vacinação, incluindo as doses de reforço, para garantir uma proteção eficaz contra doenças infecciosas, como a Covid-19. Cumprir o calend√°rio vacinal é essencial para construir e manter uma imunidade adequada, reduzindo o risco de desenvolver formas graves da doença em caso de infecção pelo vírus.

"Como atualmente a Ômicron e suas variantes é a cepa mais prevalente, então se os pacientes estão suscetíveis a ter a doença porque se expõe de alguma maneira, é importante que ele tenha uma imunidade contra essa nova cepa da Ômicron e suas variantes. Consequentemente, ele se tiver a doença deve ter forma mais branda e sintomas mais leves", explica.

Ana Clara Costa, estudante de direito e moradora de Uberlândia - MG, conta que tomou duas doses da vacina e pegou Covid antes e depois da vacinação.

"Os benefícios que ela teve e acarretaram na minha vida foram bem relevantes, pelo fato que eu peguei Covid duas vezes, uma vez antes da vacina e outra após. Antes da vacina eu tive os sintomas bem mais acentuados, como falta de ar, perdi o olfato e o paladar. E na segunda vez foi bem leve, como se fosse sintoma gripal mesmo", comenta.

De acordo com o Ministério da Saúde, a vacina contra o vírus é essencial para prevenir formas graves da doença e est√° acessível no SUS para todos acima de 6 meses. Adultos com mais de 18 anos, após duas doses, devem receber um reforço da vacina bivalente.


Fonte: Da Redação com Brasil 61

Coment√°rios

Leia estas Notícias

Acesse sua conta
ou cadastre-se gr√°tis